Como escolher vinho de qualidade

130

Você sabe como escolher um vinho de qualidade? As prateleiras dos supermercados estão abarrotadas de rótulos, às vezes fica difícil escolher a melhor alternativa. Para saborear a bebida certa, seja em um jantar romântico ou para aproveitar os momentos com os amigos, temos algumas dicas importantes. 

Entre as principais opções de vinho, você tem à disposição:

  • Vinho rosé;
  • Vinho tinto;
  • Vinho branco;
  • Espumantes, entre outros.

Então, a primeira questão importantíssima é:

Qual é a ocasião?

Cada ocasião pede um tipo de vinho. Um almoço, por exemplo, requer um vinho de corpo leve ou médio, seja branco ou rosé. Já para uma reunião entre amigos, rótulos agradáveis ao paladar ajudam a promover ainda mais a interação. Para um jantar, que pede um pouco mais de elaboração, os vinhos devem ter mais estrutura. Como pode perceber, a primeira coisa a ser definida é o momento exato de saborear o vinho. Há ainda outros momentos: brunch, happy hour, encontro romântico. Definido isso… Próximo tópico!

Qual é a receita?

Decidida a ocasião, o segundo passo é escolher a receita – e só depois o vinho. O contrário pode ser mais complicado. Portanto, se optar por um brunch, sirva o clássico: pães, porções de queijos (brie, suíço, branco, requeijão), além de frios, panquecas, canapés, pratos com ovos e saladas de frutas. Combine com espumante ou vinhos leves e refrescantes. À mesa, não se esqueça de colocar água natural e água com gás. Portanto, a sequência adequada é: ocasião à cardápio à bebida.

Leia também  Mitos e verdades sobre os vinhos

Ou seja, para cada prato é preciso um vinho diferente. Entradas, aperitivos e pratos que levam frutos do mar, vegetais ou aves, pedem vinhos brancos frescos e sem tons de madeira. Se a receita for de atum, por exemplo, ou assados ou carnes brancas, escolha vinho branco,só que mais estruturado, encorpado e maduro.

E os vinhos tintos? Os rótulos aromáticos, tânicos e sustentados por boa fruta, combinam com queijos duros, pato, carnes magras grelhadas, ensopados, pizzas e massas com molhos de média intensidade.

Quer harmonizar com queijos?

Queijos e vinhos formam uma combinação clássica. E é ótima para receber amigos, por exemplo. Queijos leves, sem ou com pouca maturação, combinam com vinhos brancos leves e frescos. Pode ser um Chardonnayou um Sauvignon Blanc. Se os queijos forem mais espessos – por exemplo, o parmesão –opte por um vinho tinto com bom frescor, boa fruta e taninos de médios para leves. Por exemplo, Chianti, Barberaou Douro. Para deixar tudo mais saboroso, aposte nos contrastes: queijos mais intensos combinam com vinhos brancos doces.

Sua próxima recepção contará com muito mais sabor, temos certeza! Até a próxima, com mais dicas práticas sobre vinhos!

Fechar
Your custom text © Copyright 2022. All rights reserved.
Fechar