Como usar o azeite de oliva do jeito certo?

79

Rei da dieta mediterrânea, o azeite é considerado o líquido da longevidade. Você também gosta de usá-lo no preparo de suas receitas? Se sim, temos alguns truquezinhos que deixarão seus pratos ainda mais saborosos. Vamos ver?

Sem falar, claro, nos benefícios que o azeite proporciona ao organismo – e daí são ainda mais razões para inseri-lo de vez na sua rotina, certo? A título de curiosidade, sabia que o azeite é usado na culinária desde, pelo menos, 3 mil anos antes de Cristo? Mas é agora que vem o grande segredo: é a versão extra virgem a que garante sua saúde. 

A dieta mediterrânea é bastante reconhecida por prevenir doenças, como câncer, demência, asma, infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral, AVC – e no caso do AVC a redução pode ser de até 40%. Ah, outra curiosidade: o Brasil está entre os dez maiores consumidores de azeite no mundo e, infelizmente, só não está em uma melhor posição porque bons azeites são mais caros. E se comparados com os óleos vegetais mais comuns – os “óleos de cozinha” – aí fica mais evidente. 

Voltando a falar sobre a dieta mediterrânea, a propósito, ela é uma das que mais valoriza o alto consumo de legumes, frutas e verduras, além dos cereais e dos grãos. O consumo de carne vermelha é bastante baixo, sendo o peixe a grande preferência no dia a dia. Até o uso do leite é moderado. Logo, você pode apostar nessa dieta na sua rotina. 

Leia também  Massa fusilli: como é e para quais receitas é melhor?

Só para você ter uma ideia da quantidade de substâncias antioxidantes que o azeite tem, vamos lá aos nomes: 

  • Tirosol;
  • Hidroxitirosol;
  • Lignanas; 
  • Fitoesteróis;
  • Beta-sitosterol; 
  • Ácido oleico.   

E como você pode usufruir mais do azeite?  

O azeite extra virgem com 0,8% de acidez ou menos deve ser usado em saladas, molhos, no preparo de alguns alimentos, mas excepcionalmente, porque quando o azeite fica exposto a altas temperaturas, ele perde parte das suas melhores propriedades.  

Se a finalidade é mesmo preparar algo em altas temperaturas, use os azeites puros, com acidez acima de 3,0%. Mesmo assim, o uso deve ser moderado. Outra excelente opção são os azeites com ervas, que são muito, muito saborosos. Eles podem ser o incremento perfeito de pratos leves.

Todo caso, deixamos agora uma sugestão magnífica de azeite extra virgem para muitas receitas deliciosas: Azeite de Oliva Mamma Bia Extra Virgem. Você vai adorar – e sentir na pele e no organismo – todos os benefícios.

Revisado por FRANCINE HELENE NOVISKI 
Nutricionista CRN 7763
Departamento de Gestão da Qualidade Cia Beal de Alimentos

Fechar
Your custom text © Copyright 2022. All rights reserved.
Fechar