As diversidades do café especial e o preparo de bebidas

1.5K
cafeespecial

Café especial é potência de sabor, com grãos 100% arábicas, aspectos sensoriais diferenciados, acidez equilibrada e doçura natural. Já o café tradicional pode ter a mistura de grãos, o que significa mais concentração de cafeína, amargor e ausência de aspectos sensoriais. 

Dessa forma, para esconder os defeitos, muitas vezes, a indústria carboniza a torra dos grãos e queima a bebida. O resultado no paladar é um extremo amargor, que não tem ligação alguma com a origem do café descoberta na Etiópia.

Essas sensações d amargor são bem diferentes do que o café especial oferece. Aliás, um dos pontos principais do café especial está na conexão com prazeres e momentos especiais. 

No café especial, cada gole é uma história que se desenrola no paladar, revelando notas que nos remetem a lembranças de caramelo, chocolate intenso, frutas amarelas, vermelhas e até mesmo flores de jasmim.

Saiba o que torna um café especial? 

Mas você já pensou como um café se torna especial? Primeiramente, para alcançar essa distinção, um café deve atingir no mínimo 80 pontos. Para chegar a essa pontuação, o café deve cumprir critérios internacionais estabelecidos pela  Specialty Coffee Association (SCA). 

Essa avaliação leva em consideração diversos critérios, como aroma, doçura, acidez, finalização e ausência de defeitos. Trata-se de um processo minucioso que garante a qualidade excepcional do café.

Apesar de a “nota de corte” da SCA considerar que cafés com 80 pontos já podem ser considerados especiais, há uma resolução que estima a elevação da qualidade de bebidas em cafés pontuados acima de 84 pontos. No entanto, alcançar essa pontuação requer uma série de cuidados, desde a escolha do local de cultivo até o processo de pós-colheita.

Leia também  Exportação de café - Parte 1

Os processos por trás do café especial

Para entender plenamente a qualidade de um café especial, é fundamental conhecer os processos envolvidos. Para resumir, vamos criar um resumo geral com as principais etapas que integram o cultivo do café especial brasileiro.

1 – seleção da muda,

2 – plantio dos pés de café,

3 – colheita de frutos maduros,

4 – processo de pós-colheita,

5 – processo de torra.

Os passos resumidos em cinco tópicos são extensos e levam em média de 27 a 33 meses. Durante esse tempo é imprescindível cuidar do solo, das doenças e das pragas, que possam afetar diretamente a planta.

O cuidado com o café especial tem resultados potentes no paladar. Portanto, utilizar a bebida como base para receitas variadas, drinques e preparos tradicionais como é o caso do cappuccino.

Como preparar um cappuccino com café especial

Pensando nisso, agora que você sabe mais sobre café especial, gostaria de convidar para preparar um cappuccino especial de chocolate. De acordo com as pesquisas, a bebida foi criada na Itália a partir da mistura de leite, mel e café.

No Brasil, a semelhança com o tradicional café com leite fez com o que a sinergia fosse imediata. Mas existem algumas regras que diferenciam um cappuccino clássico da mistura de café com leite. E para quem não sabe, o principal “pulo do gato” está na espuma que fica por cima da xícara e enche de sabor a receita.

Leia também  Picanha, arroz e chimichurri: 3 sabores e a combinação perfeita que conquistará o seu paladar.

Ingredientes:

  • ⅓ de xícara de café (o café em cápsula, por exemplo, pode ser mais prático);
  • ⅓ de xícara de leite quente;
  • ⅓ de xícara de espuma de leite.

Modo de preparo

Para o preparo da espuma, a dica é um bom pote de vidro com uma tampa com vedação, que será levado para o micro-ondas. No recipiente, você deve acrescentar o leite frio (integral ou semidesnatado). 

Feche com a tampa e agitar até formar uma espuma. Abra o pote e leve ao micro-ondas por 30 segundos. 

Aprenda a preparar um cappuccino cremoso caseiro

Se você está em busca de uma maneira simples e deliciosa de elevar o seu café da manhã ou aconchegar-se com um mimo especial, chegou o momento de pensar em uma bebida um pouco mais elaborada. Aqui, o cappuccino clássico tem o toque de chocolate em pó e rende o sabor típico de barista de um cappuccino cremoso. 

Esta receita é perfeita para impressionar os amigos após uma refeição ou simplesmente para apreciar sozinho. Siga os passos abaixo para criar o seu próprio cappuccino cremoso:

Ingredientes:

  • Café especial em cápsulas.
  • 1 xícara de açúcar.
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 2 colheres de sopa de chocolate em pó.

Modo de preparo:

Comece misturando o açúcar e o café na batedeira. Bata em alta velocidade por aproximadamente quinze minutos.

Em seguida, adicione a canela e o chocolate em pó à mistura e mexa delicadamente com uma espátula. Ligue a batedeira novamente e continue batendo por mais cinco minutos.

Leia também  Café pelo mundo - Café indiano

Finalize levando a mistura ao freezer para obter aquela textura cremosa desejada.

Na hora de servir, coloque duas colheres de sopa do cappuccino cremoso em uma xícara e adicione ½ xícara de leite quente ou frio.

Esta receita não apenas transformará a sua bebida matinal em uma experiência indulgente, mas também pode ser usada como um creme de cappuccino para saborear de colher ou incorporar em outras criações culinárias. Aproveite cada gole e deixe-se envolver pelo sabor irresistível do seu cappuccino cremoso caseiro!

Cafés especiais brasileiros e o preparo de receitas 

O grande segredo das misturas está na qualidade do café utilizado. Os cafés especiais acima de  84 pontos têm doçura natural e notas sensoriais que lembram notas sensoriais variadas, que lembram chocolate intenso, frutas vermelhas; além de acidez equilibrada.

Para o cappuccino, a nossa dica é o Coffee ++ Clássico que aparece com notas sensoriais de chocolate intenso e faz com o que a sua experiência seja ainda mais potente. 

image
Fechar
Your custom text © Copyright 2024. All rights reserved.
Fechar