Conheça o profissional especialista em café

1.7K
O profissional especialista em café

O profissional especialista em café é um importante ponto da cadeia produtiva do setor. Mas ele trabalha em sintonia com muita gente especial a fim de potencializar a qualidade dos grãos. Até porque, café é conexão e união de muitas mãos, que movimentam a economia do Brasil. 

Para fazer café especial é preciso pensar especial e cada etapa na cadeia produtiva é fundamental para potencializar as qualidades sensoriais do nosso café. Como eu já falei aqui, o cuidado do produtor se inicia na seleção da muda e passa por cada pedaço do cafezal. 

Como gosto de dizer, tudo é feito das pessoas certas no lugar certo. Quando eu assumi o cargo de CEO das fazendas do Grupo Montesanto Tavares, eu conduzi uma reunião e chamei todos os trabalhadores da Fazenda Primavera. 

Qual o cargo mais importante do cultivo do café especial

Na ocasião, eu comecei o papo explicando que eu tinha uma única vantagem em relação a eles: “Eu nada sabia de café, então, eu podia perguntar tudo.”[risos]

Falado isso, comecei a perguntar qual a função tinha mais importância para a cadeia do café especial. 

Acho que o setor de pós-colheita.” Um rapaz levantou as mãos e respondeu alto. 

Ah, eu acho que é o operador de colheitadeira.” A moça do administrativo falou, entre risos.

Então, eu parei e sorri: “Então, vou falar para a dona Maria salgar a comida de vocês. Como vocês vão trabalhar com fome? Viu, como todo mundo é importante”, eu falei no meio da roda.

Leia também  As diversidades do café especial e o preparo de bebidas

O café especial e a mão-de-obra de qualidade 

No Brasil, a cadeia produtiva cafeeira gera cerca de 8 milhões de empregos diretos. Números do Ministério da Agricultura, que mostram a potência do setor agrícola brasileiro e o fomento de renda gerada ao país. 

Cada pessoa na lavoura cumpre o seu papel fundamental, resultando na qualidade do produto. Para o café especial chegar até a xícara é um trabalho ritmado entre muitas funções: tratorista, mecânico, cozinheiro, motorista, trabalhador rural, engenheiro-agrônomo, técnico agrícola, Q-grader, entre outras. 

Nesse contexto, todas as atividades são fundamentais e o profissional especialista em café é o responsável pela qualidade da bebida. Ele é chamado de Q-Grader (em tradução livre, o termo significa “avaliador de café”) e, na prática, esse profissional é comparado ao enólogo.

Assim como ocorre no universo do vinho, no café especial esse profissional passa por uma rigorosa “sabatina” e passa por um processo rigoroso de avaliação regido pela Speciality Association Coffee (SCA). A entidade é a responsável por criar os critérios de avaliação dos cafés arábicas.

O profissional especialista em café

Mas para chegar ao cargo de especialista de café não basta entender qualidade. Assim como um enólogo, é fundamental que o Q-Grader tenha vasto conhecimento da cadeia produtiva e entenda os caminhos que fazem do café especial diferenciado.

A proposta de certificação só é possível a partir de uma imersão completa em um laboratório com instrutor certificado pela SCA. Cada integrante vivencia experiências sensoriais, na prática, e o profissional aprende sobre análise olfativa e sensorial, ou seja, cheiros e gosto. 

Leia também  Como preparar um excelente café coado com um moedor de café profissional

Além disso, ele também é treinado a avaliar os grãos a partir de protocolos técnicos. Viu como pensar especial no mundo do café especial é uma regra literal? O café especial tem sensações únicas e apresenta notas sensoriais que lembram chocolate intenso, frutas cítricas, frutas vermelhas, rapadura, entre outros. Experimente e ateste o padrão de qualidade atestados por pessoas apaixonadas pela lavoura.

Leo circular

Leo Montesanto é fundador da Coffee++, marca brasileira que nasceu com o compromisso de deixar no Brasil o café de qualidade que sempre foi exportado.

Fechar
Your custom text © Copyright 2024. All rights reserved.
Fechar