Kombucha: Como fazer esta bebida milenar

2.4K

Tanto quanto o kefir, ele tem lugar no dia a dia de quem preza pelo bem-estar. Lucas Montanari, health coach de nutrição integrativa e emagrecimento saudável, responde a todas as dúvidas sobre o chá de fermentação natural.

kombucha

O que é o kombucha e quais são os seus principais benefícios?

Kombucha é uma bebida milenar de origem asiática. A bebida é composta de um chá doce fermentado e uma colônia simbiótica de bactérias e leveduras do bem (conhecidas como Scoby), as quais transformam os nutrientes do chá, como o nitrogênio, o tanino e o açúcar, em ácidos, enzimas e vitaminas poderosas para a nossa saúde, que equilibram, nutrem e desintoxicam o organismo, colonizam o intestino, trazendo um equilíbrio à flora e reforçando a imunidade, e auxiliam nas constipações intestinais, além de muitas outras funções.

Ele tem alguma vantagem em relação aos outros probióticos naturais?

Comparado a outras bebidas probióticas, o kombucha tem uma composição nutricional e microbiológica única, além dos benefícios do chá utilizado como base. Sinto que o kombucha traz mais energia, disposição e desintoxicação que qualquer outro probiótico natural, além de ter o melhor sabor. Além da bebida, podemos produzir vinagre, produtos de beleza e limpeza, mostardas, doces e muito mais.

Todo mundo pode consumir o kombucha ou há contraindicações?

Recomendo sempre começar provando 50 ml da bebida, para sentir como o seu corpo reage, e ir aumentando ou diminuindo a dosagem e frequência. Pessoas mais sensíveis, que possuem disbiose, síndrome do intestino irritável, doença celíaca, doença de Crohn, tumores e outros problemas intestinais, devem ter muita atenção ao tomar uma bebida como essa, iniciar com indicação médica e consumir de produtores confiáveis.

Leia também  Brownie: Uma sobremesa instantânea e irresistível

É possível variar os sabores?

Cada kombucha é único, pelas infinitas combinações que podemos fazer com diversos chás (verde, preto, mate, de hibisco, etc.), especiarias (cravo, canela, gengibre, anis, cardamomo, etc.), frutas (limão, abacaxi, morango, uva, maçã, etc.), superalimentos (cacau, goji, espirulina, etc.), flores e ervas (lavanda, rosas, hortelã, erva-cidreira, etc.), trazendo sabores e benefícios únicos. Gosto muito de chá-preto com folhas de lavanda, chá-verde com limão, gengibre e cardamomo e chá-mate com néctar de cacau e água de coco.

Hoje em dia, já é possível encontrá-lo nas prateleiras de supermercado. É tão bom quanto o feito em casa?

Dei consultoria de produção para algumas marcas que estão sendo um grande sucesso no mercado, das quais gosto muito. Por ser uma bebida viva, não é tão simples de comercializar, pois, mesmo refrigerada, continua fermentando. Mesmo industrializada, ela passa por uma fermentação artesanal que mantém seus benefícios. Quem tem disposição para produzir em casa, encontra grandes vantagens na economia, pode fazer as combinações de sabores que quiser e também produzir os diversos outros subprodutos que o kombucha oferece.

Por que as pessoas deveriam incorporar o kombucha em suas rotinas?

Para ter mais saúde e equilíbrio. Mas penso que, mais importante do que isso, é preciso manter uma alimentação prebiótica, que vai beneficiar a vida desses microrganismos dentro de nós, mantendo a saúde equilibrada. Basicamente, significa se alimentar de comida “de verdade”, como frutas, legumes e cereais integrais, evitando glúten, lactose, alimentos industrializados e com agrotóxicos.

Leia também  A arte de degustar café especial: um guia completo

Segundo Lucas Montanari, não é preciso ser um cientista ou ter um laboratório para fazer o kombucha.

Você vai precisar de:

Ingredientes:

  • 1 colônia (Scoby) de kombucha
  • Um pouco de kombucha pronto (starter), que pode ser adquirido em cursos, por doação ou comprando.

Kits de fermentação

  • 1 suqueira ou um recipiente de vidro (pode ser de 3,2 L)
  • 1 tecido
  • Elástico para cobrir o vidro, deixando a fermentação respirar e protegendo-a da entrada de insetos
  • Um bom chá (verde ou preto, para começar)

Importante

Deve ter sabor ácido, mas ainda não vinagrado.

Se desejar colocar frutas e especiarias, fazendo a segunda fermentação, engarrafe e tampe bem, deixando fora da geladeira até a garrafa estufar, o que indicará que está com pressão da gaseificação. Na geladeira, pode durar em torno de dois meses. Caso abra a garrafa, beba em até dois dias.

Dica Festval

Explore a conveniência da Kombucha Festval — a opção de sabor e bem-estar descomplicados. Convidamos você a descobrir nossa diversidade de sabores e simplificar seu dia. Visite nossas lojas agora mesmo, estamos ansiosos para recebê-lo!

Kombucha Morango
Fechar
Your custom text © Copyright 2024. All rights reserved.
Fechar