Tudo sobre os espumantes brut: guia para iniciantes

279

Você já ouviu falar em espumantes brut

É provável que você já tenha visto a palavra “brut” nos rótulos de diversos vinhos espumantes. Embora você possa ter pensado que era o nome da empresa ou mesmo a variedade de uva, brut refere-se a algo totalmente diferente.

Se você quer saber mais sobre este vinho, continue a leitura! No blog de hoje, vamos responder às principais perguntas sobre os espumantes brut em um guia rápido sobre o assunto. Confira!

O que é espumante brut?

Em suma, brut é o termo francês para algo “bruto” ou “em seu estado natural”. Ou seja, os espumantes brut são bebidas secas, com menos quantidade de açúcar. Geralmente, estes espumantes têm entre 8 e 15 gramas de açúcar por litro.

Entenda os níveis de doçura

O nível de doçura de um vinho é determinado pela concentração residual de açúcar por litro. Enquanto muitos champanhes e espumantes têm uma dosagem alta, o vinho brut tem aspecto mais seco.

Ao comprar espumante ou champanhe, você pode escolher um que se adeque melhor ao seu paladar. Para isso, fique atento ao rótulo do vinho para estes termos:

  • Brut nature ou Brut zero: concentração de açúcar inferior a 3 gramas por litro. É o mais seco dos secos, este brut é altamente ácido e intenso.
  • Extra Brut: concentração de açúcar até 6 gramas por litro. É outro termo para extra seco, não é tão seco quanto a natureza bruta, mas ainda altamente ácido.
  • Brut: concentração até 12 gramas de açúcar por litro. Apesar de parecer um valor alto, a acidez natural ainda mascara a sensação de doçura.
  • Extra Sec: concentração entre 12 e 17 gramas por litro. É um espumante seco com notas de doçura frutada.
  • Sec: concentração entre 17 e 32 gramas de açúcar por litro. Um brut com mais açúcar residual, ainda equilibrado pela acidez mas com doçura perceptível.
  • Demi-Sec: entre 32 e 50 gramas de açúcar por litro. Este é o brut realmente doce. 
Leia também  As regras básicas para harmonizar vinhos

Brut é um espumante ou champanhe?

Apesar de muitas pessoas tratarem como sinônimos, champanhe e vinho espumante são duas bebidas distintas. Mas é uma linha tênue de distinção: embora nem todo espumante seja champanhe, todo champanhe é espumante.

De maneira geral, Champanhe refere-se especificamente ao vinho espumante feito na região francesa de Champagne. Apenas os vinhos espumantes produzidos nesta região podem ser denominados Champagne — com “C” maiúsculo.

O Cava espanhol, por exemplo, é feito da mesma maneira trabalhosa que o Champagne é feito, mas por ser cultivado e produzido na Espanha não pode ser chamado de Champagne. 

Ainda assim, muitas marcas de vinho chamam qualquer espumante de “champagne” — com “c” minúsculo. Então, fique atento à região de origem da garrafa!

Qual é o gosto do vinho Brut?

Como os espumantes brut se referem ao nível de doçura de um vinho e não a uma variedade específica de uva, não é possível falar sobre um sabor único, pois ele pode variar de garrafa para garrafa. 

Um vinho espumante brut feito de uvas cabernet sauvignon cultivadas em Napa, por exemplo, terá sabores diferentes de um brut feito de uma mistura de pinot noir e chardonnay cultivado na região de Champagne, na França.

No entanto, o que podemos dizer é que o brut provoca a sensação de secura no paladar com um leve toque de doçura.

Leia também  Como fazer harmonização entre vinhos e massas?

Que temperatura você deve servir um espumante Brut?

Os espumantes brut devem ser servidos da mesma forma que qualquer outro espumante ou Champagne: agradável e frio. 

Para aproveitar a melhor temperatura, deixe sua garrafa de espumante na geladeira por pelo menos três horas antes de servir. Mas, se estiver com pouco tempo, coloque-o em um balde cheio de gelo e água. 

Para manter suas bolhas frescas, despeje em taças específicas para champanhe. As longas hastes das flautas impedirão que o vinho seja aquecido por suas mãos e as bolhas se desmanchem. 

Taças para tomar espumantes brut
As taças específicas para espumantes ajudam a manter as bolhas da bebida.

O que harmoniza com os espumantes brut?

De maneira geral, os espumantes brut harmonizam bem com os alimentos mais leves. Dessa forma, algumas das principais combinações são:

  • Saladas;
  • Canapés;
  • Queijos;
  • Peixes e crustáceos como salmão, lagosta e camarão;
  • Frango;
  • Carnes vermelhas mais leves.

Um resumo sobre os espumantes brut

Escolher o vinho nem sempre é fácil. Muitas vezes, os rótulos parecem ser escritos em um código que apenas os sommeliers podem decifrar. Por isso, esperamos que este artigo seja útil para te ajudar a entender melhor sobre o assunto.

Então, aqui vai um resumo sobre o que vimos sobre os espumantes brut:

  • Brut significa seco, logo, se você gosta de sensações agudas, prefira o brut, brut nature ou extra brut.
  • Se o seu preferido são os vinhos adocicados, escolha o sextra sec, sec ou demi-sec.
  • Independente da sua preferência, estes devem ser servidos frios e harmonizam muito bem com pratos leves.
Leia também  Harmonização de peixes e vinhos: 6 dicas para a Semana Santa

Agora que você já sabe como escolher o espumante ideal, confira a adega on-line do Festval, peça o seu espumante brut e convide os amigos para um jantar digno de um especialista no assunto!

Fechar
Your custom text © Copyright 2022. All rights reserved.
Fechar