Cerveja também é coisa de mulher! Conheça as combinações preferidas por elas

206

É verdade que, atualmente, as cervejas estão diretamente relacionadas ao universo masculino. Mas você sabia que a relação entre mulheres e cerveja é muito mais antiga?

Durante grande parte da história, a produção da cerveja era responsabilidade exclusiva das mulheres. Este conhecimento era, inclusive, considerado um dom divino designado apenas a elas.

Para comemorar este dia das mulheres e mostrar que cerveja também é coisa de mulher, preparamos um blog especial com as harmonizações que elas mais gostam pela sommelière de cervejas Jade C. Santos. Confira!

Você sabia que a cerveja foi descoberta por uma mulher?

Como todos sabem, as mulheres foram, historicamente, responsáveis pela colheita de grãos e preparo dos alimentos. Em algum momento destas colheitas, na Mesopotâmia, há mais de 5.000 mil anos, elas descobriram o processo de fermentação da cevada.

Quando a primeira pessoa provou a bebida, pode-se perceber que ela deixou a pessoa mais feliz. Sem o conhecimento de que esta alteração no estado de consciência era efeito do álcool, as mulheres passaram a aprimorar ainda mais a produção da bebida. 

O conhecimento sobre este processo era compartilhado apenas entre as mulheres. Com isso, o Código Babilônico de Hamurabi, uma das primeiras leis dos mesopotâmicos, as reconheceu como as verdadeiras autoridades sobre a cerveja.

A tradição entre mulheres e cerveja se expandiu cada vez mais e chegou até o Egito. Há cerca de 2.000 a.C, os egípcios acreditavam que o Deus Osíris, uma das mais importantes divindades daquele povo, havia ensinado às mulheres como fazer cerveja.

Leia também  Drinks com cerveja: 12 receitas para curtir o Carnaval

Graças a este conhecimento e conexão direta com os deuses, a cerveja era considerada uma bebida sagrada e as mulheres que a produziam estavam em uma posição superior na sociedade.

E como a cerveja virou assunto de homem?

Como vimos, ao contrário do que todos pensam, a essência da cerveja é tradicionalmente feminina. Então, como foi que cerveja virou assunto de homem?

Na verdade, esta mudança começou a acontecer junto com a industrialização. A medida que a produção da bebida começou a ser realizada em larga escala, ainda no século XVIII, o processo começou a ser realizado por máquinas.

Como as oportunidades de trabalho para as mulheres ainda eram escassas, a relação entre mulheres e cerveja começou a ficar cada vez mais distante.

Entretanto, se engana quem pensa que elas não fazem parte do mercado cervejeiro. De acordo com uma pesquisa realizada pelo portal MindMiners, 57% das brasileiras consomem bebidas alcóolicas e, destas, 72% bebem cerveja.

Inclusive, segundo o estudo, esta é a bebida preferida de mais de 30% das mulheres. Mas não é só isso. Além de consumirem, elas também estão voltando a produzir mais cerveja e se destacar neste mercado.  

Mulheres e cerveja: cerveja é a bebida preferida de 30% das brasileiras.
Cerveja é a bebida preferida de mais de 30% das brasileiras, segundo pesquisa.

As harmonizações de cerveja preferidas pelas mulheres

Para homenagear a relação entre mulheres e cerveja neste mês da mulher, a nossa sommelière de cervejas, Jade C. Santos, listou as harmonizações de cerveja que estão entre as preferidas do público feminino. Confira!

Burrata com tomates e molho pesto harmonizado com Leopoldina Witbier

 A leveza da burrata faz encontro com o corpo leve e sedoso da cerveja Leopoldina Witbier. Composta de semente de coentro, que lhe traz o aroma e sabor condimentado complementa-se ao pesto com toques herbais. 

Leia também  Comidas que combinam com cerveja: confira as melhores dicas para harmonizar!

Para finalizar, o limão siciliano traz a acidez suave e delicada para compor a harmonização.

Pappardelle ao funghi acompanhado de bife Ancho grelhado harmonizado com Wäls Dubbel

O sabor marcante e persistente da massa irá encontrar um companheiro a altura em níveis de intensidade na cerveja Wäls Dubbel. Os aromas e sabores caramelo presente na carne e bebida se complementam e fazem uma harmonização agradável aos olhos e palato.

Brownie de chocolate com calda de chocolate meio amargo e sorvete de baunilha harmonizado com Way beer Avelã porter

Todo dulçor da sobremesa é contrastado pelo tostado intenso da cerveja Way beer Avelã porter. As avelãs complementam o sabor e o álcool limpa as papilas a cada colherada.

Independente da sua escolha, temos uma certeza: a adega do Festval tem o rótulo ideal para celebrar a relação entre mulheres e cerveja ao longo dos anos. Visite uma das nossas unidades e garanta a sua cerveja preferida para este dia das mulheres!

Colaboração de Jade C. Santos
Sommeliére de cerveja

Fechar
Your custom text © Copyright 2022. All rights reserved.
Fechar